Um exemplo de jornalismo independente

Quando estamos na faculdade, no auge de nossos ideais, gastamos horas e horas pensando e projetando um jornalismo fiscalizador e independente. Fazemos jornais comunitários, programas de webrádio, blogs, todos com um caráter de denúncia das injustiças sociais e do poder opressor.

Mas aí nos formamos, viramos reféns do mercado de trabalho, e vemos que o que prevalece mesmo são os interesses das empresas jornalísticas. Fiscalizar, sim, até o limiar das conveniências. É a chamada “liberdade de empresa”, ao invés da hipócrita, porém gritada  a 4 cantos “liberdade de imprensa”. Mas há exceções.

Uma delas é Lúcio Flávio Pinto, que redige desde 1987 o seu Jornal Pessoal. Trata-se de uma publicação quinzenal, feita de forma totalmente independente, livre de anúncios, e vendida nas bancas de Belém do Pará. É o que chamo de fazer jornalismo na raça.

O preço da independência costuma ser alto. No caso de Lúcio, foi de 30 mil reais. Esse é o valor que o jornalista está obrigado a desembolsar, por conta de uma condenação ordenada por um juiz de uma vara belenense. Lúcio mexeu com poderosos de uma elite local, que comanda a imprensa paraense. A condenação foi sua conseqüência.

Para ler a história completa, leiam este post do Idelber Avelar, que detalha tim-tim por tim-tim o caso. O mesmo Idelber também deu início a uma campanha para doações para ajudar Lúcio. Ele mesmo e até o Alex Castro já ajudaram. Pretendo fazer o mesmo o mais breve.

Fica aqui a mais sincera solidariedade à Lúcio Flávio Pinto, que, antes de mais nada, é uma solidariedade ao jornalismo independente. E recomendo aos blogueiros que apoiam a causa, que passem essa notícia adiante.

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: