Pichou, caiu.

Muro do CT do Sao Paulo pichao

Quem é o burro?

Muro de CT amanhecer pichado é um prelúdio tão certeiro quanto o vento que antecede a chuva: cedo ou tarde, em 100% dos casos, o que transcorre é a demissão do técnico.

Nos últimos tempos, acostumei-me a ver semelhante arte nos muros de outros. Em especial, no do Corinthians, clube cujos técnicos tivemos o desprazer de desferir o tiro fatal da demissão um bom par de vezes. Mas depois de quase 3 anos e meio com o barco tocado nas mãos de um mesmo capitão, gozando de uma rara tranqüilidade, só importunada uma ou outra vez por algum mau resultado, eis que chegou a vez dos muros do CT tricolor amanhecer com dizeres que não lhe pertenciam. Não tardou muito e Muricy era mandado embora.

Hoje, li de manhã que a última vítima dos artistas do spray foi o muro do CT Rei Pelé, em Santos. A maldição já estava liberta, era só uma questão de tempo, pensei. Só não imaginava que seria tão rápido: à tarde, Vagner Mancini já estava desempregado.

Qual o próximo muro a ser pichado? Tenho uma vaga sensação de que será o do CT do Inter. Do Fluminense, nem precisou, até onde saiba. E os corinthianos, que até outro dia viviam com funcionários pintando muro, hoje se esbaldam na mais profunda calmaria, aquela que procede a tempestade.

Até a eliminação da Libertadores 2010.

Anúncios

Tags:

Uma resposta to “Pichou, caiu.”

  1. Pingu Says:

    Pichar contra a calamidade social ninguém picha, né?
    Vagabundos, salafrários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: